fbpx

Coren-ES continua recebendo doações para as vítimas da chuva

Alimentos, roupas, produtos de limpeza, luvas descartáveis e outros materiais arrecadados pelo Coren-ES foram levados para moradores das cidades devastadas pela enchente ocorrida na noite da última sexta-feira (17), no Sul do Espírito Santo. Sete pessoas morreram e mais de 2,2 estão desabrigadas ou desalojadas. Foi decretado estado de calamidade pública nos municípios de Alfredo Chaves, Iconha, Rio Novo do Sul e Vargem Alta.

A primeira remessa de donativos foi entregue pela presidente Andressa Barcellos, juntamente com os conselheiros Leonardo Campagnani e Raymunda de Jesus. Eles também foram ver de perto como está a assistência de Enfermagem em Iconha, onde parte da cidade virou escombros e lama. O hospital, por exemplo, precisou ser interditado. Muitos profissionais perderam suas casas e tudo que havia dentro. Ainda assim, alguns estão conseguindo ir trabalhar nos postos de atendimento.

“Conversamos com diversos profissionais de Enfermagem e também com gestores. Levamos nossa solidariedade e nos colocamos à disposição para contribuir no que for possível. A situação é trágica. Nunca vi tanta destruição. Ao mesmo tempo, fiquei impressionada com a força e a fé das pessoas. Seres humanos que perderam tudo e estão gratos por conseguirem ajudar o próximo, sem nenhuma lamentação”, disse Andressa.

O Coren-ES continua recebendo doações para as vítimas da chuva. Os itens mais necessários são: água e alimentos que não precisam ser cozidos, como leite, biscoitos, pães, sucos e enlatados; fraldas descartáveis para crianças e idosos; produtos de limpeza e de higiene pessoal, colchões e roupa de cama. Os animais também precisam de ajuda. Nesse caso, você pode doar ração para cães e gatos.

Os donativos podem ser entregues na sede do Coren-ES, em Vitória, e nas subseções de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina e São Mateus, das 8h30 às 16h30.

Os municípios atingidos pelas chuvas necessitam ainda de voluntários. Auxiliares, técnicos de enfermagem e enfermeiros que se dispuserem a ajudar devem enviar e-mail para comunicaçã[email protected], informar nome completo, categoria profissional e telefone. Os dados serão repassados à coordenação de Enfermagem local.

Fonte: Coren-ES

X